Quem sou eu

São Paulo, SP, Brazil
A Cia. Encena vem desenvolvendo desde sua fundação em 1997, um trabalho que visa estudar e analisar o Homem dentro de um contexto social e político em diferentes fases da história. Buscamos um teatro onde o espectador se divirta; se emocione; reflita; identifique o meio em que vive ou viveram seus antepassados; compreenda a si e a seus semelhantes e tenha por fim, a esperança e a crença de que ele pode e deve melhorar o mundo. Contato: encenaproducoesartistica@gmail.com e https://www.facebook.com/encena.ciadeteatro Endereço: Rua Sgto Estanislau Cústodio, 130 Jd Jussara Vila Sonia Telefones: 2867-4746 (fixo) e 98336-0546 (Tim)

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Próximas Atrações

Sábado dia 16/02/2013 as 20h30: 
A Peça é Comédia?
Sinopse: "A Peça" mostra, em três movimentos, o antes, o durante e o depois de uma produção teatral. 
No primeiro ato, três atores (Pablo Garcia, Tony Torres e Ricardo Cruz) reúnem-se para discutir a realização de um espetáculo. Será a primeira vez que eles irão discutir o texto e tratar da montagem. Claro que esse é um encontro disperso; os atores acabam falando de tudo (vida, trabalho, amores, frustrações) e têm grande dificuldade em se concentrar na primeira leitura. Neste ato, descobrimos que "a peça" se passa na idade média e que irá mostrar três homens totalmente diferentes, isolados do mundo, tendo em comum serem vítimas de uma mesma tragédia.
No segundo ato, o público é atirado para dentro  da noite de estréia, mais 

especificamente para os momentos finais “da peça”, a partir do momento em que 
tudo começa a dar errado. Algo muito grave aconteceu, os atores estão 
dispersos, esquecendo falas, fazendo improvisos descabidos e até ameaçando 
abandonar a peça. Como se fosse pouco, problemas técnicos se acumulam e a platéia 
começa a abandonar o teatro. O que aconteceu para “a peça” desandar? 

A resposta está no terceiro ato. É lá que o público vai descobrir que "diabos 
aconteceu” com o espetáculo:  uma chocante descoberta envolvendo seus  
atores. 

Com  humor ácido e ferino, em ritmo ágil e grandiloqüente,  "A Peça" é para rir e se emocionar com a aventura improvável que é fazer teatro!

Elenco: Walter Lins, Orias Elias, Claudio Bovo Direção: Orias Elias
Cenografia e Iluminação: Beato Ten Prenafeta 
Figurino e Trilha Sonora: Walter Lins
Operador de Luz e Som: Vagner Pereira
Classificação Etária: 14 anos Duração: 55 minutos

Domingo dia 24/02/2013 as 18h: 
As Filhas do Sertão 
(LTE - Leitura Dramática Encena)
Sinopse: Sertão, três irmãs vivem numa terra onde o comportamento machista marca a alma da mulher. O medo, obediência, tristeza e abandono são companheiros inseparáveis delas e somente os santos vem socorrer. Menos Santo Antônio! O santo mais exigido, que decide atrasar uma entrega e assim hanha sua rival.
Texto: Thers de Camargo
Elenco e Direção: Débora Muniz, Fernanda Garcia, Thânia Rocha e Edson Muniz
Após a leitura bate papo sobre o texto com nosso tradicional Café com Bolo!

E dias 02 e 09 de Março as 20h30 a Cia. Corpo de Luz apresenta: 
A velha Casa


A Cia. Corpo de Luz vem atuando desde 2007, o grupo é residente da cidade de Embu das Artes. Desenvolve seu trabalho todo de forma autoral, desde a dramaturgia até a encenação. O que mais desperta o interesse e curiosidade do grupo, são os fenômenos decorrentes de uma sociedade pós-moderna, cruzamentos nunca antes imaginados, fluindo hoje de forma trivial. O grupo é influenciado por vários segmentos artísticos, de vários momentos da história da arte, por várias situações. Tem 6 espetáculos em seu repertório e encontra-se em início de processo de sua nova peça.

Sinopse: Um velho xamã vive com sua filha no centro de uma grande cidade, mesmo dentro de um caldeirão de pessoas e diferenças, ele procura viver sozinho, seu trajeto é praticamente do bar para casa. Até que um dia seu sossego é atravessado por um jovem viajante. Juntos vão descobrir mistérios que envolvem essa e outras realidades.

Sobre a peça: O espetáculo reflete a possibilidade de realidades paralelas, passado, presente e futuro num mesmo instante e qual nossa capacidade de percepção para romper com uma forma de vida única e previsível. A história conta com personagens que atravessam as janelas de tempo e espaço sem refletir sobre isso, vivem suas sagas e angústias, assim como todos nós daqui e dali. Um pretexto fantasioso para pensarmos na expansão de nossa forma de viver de se relacionar. 


Elenco: Almir Rosa, Karol Mendes, Daniel Gonçalves, Malu Pereira e Jessica Gonçalves

Direção: Almir Rosa 
Sonoplastia e Iluminação: Almir Rosa e Anderson Souza
Direção de Arte e Figurinos: Karol Mendes
Operador de Luz e Som: Anderson Souza
Gênero: Realismo Fantástico
Classificação Etária: Livre Duração: 80 minutos

Toda a Programação é Gratuita
ESPAÇO CULTURAL ENCENA
Rua Sargento Estanislau Custódio, 130
Jd. Jussara Telefone: 2867-4746

Nenhum comentário:

Postar um comentário